sexta-feira, fevereiro 17, 2006

Brokeback mountain


Que mundo é este que não tolera a diferença? Mas se somos nós que vivemos nele, que o absorvemos e o repetimos em cada gesto espontâneo ou racional... Então porque nos fechamos à mudança, porque caminhamos em círculos, reféns dos nossos próprios preconceitos? Se tu não és igual a mim, o que é que faz de ti errado? Errado é continuam a manter pessoas soterradas em medos, debaixo de dedos apontados, é a caça às bruxas deste século. Quero uma sociedade de liberdade efectiva, quero pessoas honestas consigo próprias, porque a insegurança é a maior arma de arremesso. Deixem a essência das coisas emergir, que cada um se assuma na sua identidade única, sem se sentirem ameaçados por isso. Só temo a hipocrisia... Porque a alimentamos? Diz-me que mal há em ser-se do contra, em vestir a roupa do avesso, em andar-s de pernas para o ar! De que me servem leis se as consciências contam uma história diferente? Dêem-me pessoas autênticas, sentimentos verdadeiros que não precisam de se esconder do mundo e nem afogam em culpas que não são deles. Porque deverá alguém envergonhar-se do amor que sente, se ele for profundo, se for sincero, se for o seu sangue e alma. O que há de tão estranho nisso? Ainda que eu me confunda nessa massa homogénea que o mundo fabrica e educa dia após dia, agrada-me a diversidade, as vozes que não entoam a mesma melodia... O que há de belo no mundo é o sim e o não e haja quem saiba dizer não... Quero o direito à diferença!

3 comentários:

_Bismark_ disse...

"Porque deverá alguém envergonhar-se do amor que sente, se ele for profundo, se for sincero, se for o seu sangue e alma."

A maioria das pessoas nao têm vergonha do seu amor, têm sim, medo de este amor nao ser compreendido, de nao ser correspondido...Quanto mais sincero e puro for esse amor, mais medo há em demonstra-lo...è assim que as pessoas protegem-se, é assim que as pessoas vivem...Preferindo viver num mundo aparente e nao permitir que o verdadeiro sentimento floresça...Tudo por medo de ser incompreendido...:(

Sandra disse...

Tou a ver k plos vistos o filme deixa msm as pessoas a pensar na vida e na sociedade!
Eu tb kero ver o filme...mx axo k vejo knd sair em dvd lol!
A tua reflexão está excelente, realmente o mundo seria mt melhor se houvesse o dto à diferença e principalmente compreensão e aceitação dessas msmas diferenças!
Bem fico-me por aki lol...
Bjinhos ffs e continua assim;)

Dreamer disse...

Lindo filme não é? absolutamente gneial, tem um final divinal, uma interpretação do além e uma mensagem que o publico poirtugues ainda nao aceita (note-se os risinhos que durante o filme ouvi no cinema), a diferença que não é diferença, porque o amor não tem caracteristicas tipicas . gostei muito do teu espaço. beijo Pedro